domingo, 21, abril 2024
spot_img
HomeLimeiraLimeira prevê criação de 'república jovem' para maiores de 18 acolhidos em...

Limeira prevê criação de ‘república jovem’ para maiores de 18 acolhidos em abrigos da cidade

Oito assistidos em processo de desligamento de instituições de acolhimento serão encaminhados as novas unidades a partir de setembro. Iniciativa recebe verba estadual de R$ 711,7 mil.7

Por G1

Os jovens, com idades entre 18 a 21 anos, que estiverem prestes a deixar os abrigos de acolhimento da Prefeitura de Limeira (SP) deverão ser encaminhados às duas “Repúblicas Jovens” feminina e masculina da cidade a partir de setembro deste ano. A iniciativa tem repasse de verba do governo estadual no valor de R$ 711,7 mil.

Conforme informado ao g1, nesta terça-feira (1º), o Centro de Promoção Social Municipal (Ceprosom ), Limeira tem oito assistidos nessa faixa e que estão em processo de desligamento de instituições de acolhimento e não tenham a possibilidade de voltar para a família de origem ou de adoção, com potencial para a República Jovem.

A iniciativa ocorre após assinatura do termo de parceria, nesta segunda-feira (31), entre a Administração Municipal e a Organização Aldeias Infantis SOS. A entidade foi selecionada por meio de um chamamento público e irá oferecer seis vagas em cada unidade.

O contrato inicial é de um ano, podendo ser prorrogado por até 60 meses.

“Os jovens terão um local adequado para morar e receberão formação pessoal e profissional com foco na construção da autonomia e inserção no mercado de trabalho”, afirmo o prefeito de Limeira, Mario Botion.

A presidente Centro de Promoção Social Municipal de Limeira, Maria Aucélia Damaceno, ressalta que a iniciativa permitirá que os adolescentes planejem os próximos passos da vida.

“O serviço insere-se nos atendimentos de Proteção Social Especial de alta complexidade. Na República Jovem eles terão a oportunidade de se prepararem para a vida adulta”, explicou Maria Aucélia.

Uma equipe especializada será direcionada ao acompanhamento dos jovens assistidos nas unidades.

“Os jovens serão acompanhados por uma equipe formada por psicólogo, assistente social e educador”, disse a gestora da Aldeias Infantis, Regiane Maximiano Vassoler.

Proteção social

Um outro termo de parceria, da prefeitura de Limeira com o Centro de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente de Limeira “David Arantes” (Cedeca), também foi assinado nesta segunda-feira (31), para a oferta do serviço de proteção social a adolescentes em cumprimento de medida socioeducativa em meio aberto, com liberdade assistida e de prestação de serviço à comunidade.

Para o exercício de 2023, serão direcionados R$ 158.748 mil, provenientes de recursos recursos estadual e federal.

Antes o serviço era executado pelo Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas), que fará um processo de transição junto à Organização.

“O Cedeca possui capacidade técnica e operacional para a realização do serviço, além da vasta experiência no atendimento a adolescentes”, salientou a presidente do Ceprososm, Maria Aucélia Damaceno.

Anúncios

RELATED ARTICLES
- Publicidade -
Google search engine

Most Popular

Recent Comments