domingo, 21, abril 2024
spot_img
HomeUncategorizedPSG bate na trave novamente, e City chega á final

PSG bate na trave novamente, e City chega á final

     


Na tarde desta terça-feira (04) pudemos acompanhar o desfecho da primeira semifinal da Liga dos Campeões da Europa, entre Manchester City/ING e Paris Saint-Germain/FRA, com a soma de dois jogos, o Manchester City venceu o PSG por 4×1 no agregado e carimbou seu passaporte para a final de Istambul, que acontecerá no dia 29/04,

    Após a vitória na primeira partida, estava claro o favoritismo da equipe inglesa a conquistar a vaga para a final, apenas um fator poderia impedir esta façanha: O fator Neymar. Neymar esteve sozinho como liderança no ataque do time francês, pois o astro francês Kylian Mbappé estava machucado e desfalcou o time, e isso facilitou a caminhada do Manchester City de Guardiola e companhia até a final do torneio.

    Com chances criadas para os dois lados, um jogo intenso – como era de se esperar – a partida estava em aberto, pois nunca se pode duvidar de uma remontada com Neymar em campo (basta ver o 6×1 de 2017, onde o brasileiro foi protagonista na maior remontada do futebol mundial). Mas se somente Pelé ganhou um torneio “sozinho”, não será o Neymar que mudaria a regra do jogo, pois a premissa do futebol que “é um esporte coletivo” só teve um parênteses, Edson Arantes do Nascimento.

    Um jogo pegado digno de Liga dos Campeões mostrou muito bem a valentia das duas equipes, e algo que vale ressaltar, a forma com que o City não muda seu jogo, independente do seu adversário ou do placar, o time segue prezando pela paciência com a bola nos pés, e ganhando o jogo, isso é ainda mais vantajoso. O PSG se mostrou valente, mas alguns jogadores perderam a cabeça (e por que não a noção) após o segundo gol dos ingleses, foram diversas entradas ríspidas por parte de Verratti, Diallo, e principalmente Kimpembe, o qual deu um carrinho na canela do brasileiro Gabriel Jesus fora do lance, o que na minha opinião lhe renderia um cartão vermelho, mas o árbitro entendeu diferente e mostrou o amarelo para o zagueiro francês.

    Pelo lado vencedor, é a primeira vez que o Manchester City chega a uma final de Liga dos Campeões, apesar de ter um dos elencos mais caros do mundo há alguns anos, e o badaladíssimo técnico espanhol Pep Guardiola, o City colecionava quedas nas quartas de final do torneio, o seu máximo era a semifinal, mas hoje com dois gols do argelino Ryad Marhez, os “blues” de Manchester estarão na final do torneio, enfrentarão o Real Madrid/ESP ou Chelsea/ING no dia 29/04 em Istambul.

RELATED ARTICLES
- Publicidade -
Google search engine

Most Popular

Recent Comments