segunda-feira, 22, julho 2024
spot_img
HomeUncategorizedApós quase quarenta anos, vencemos no Paraguai!

Após quase quarenta anos, vencemos no Paraguai!

 


Foto: Twitter/CBF_Futebol

    A Seleção Brasileira é de longe a melhor seleção da América do Sul, isso se confirma eliminatória pós eliminatória com nossa seleção sempre se classificando antes que as outras, sempre com a liderança, e sempre com uma boa sobra para o segundo colocado. Mas desde as eliminatórias para a Copa do Mundo de 1986 nossa seleção não vencia a seleção paraguaia na casa deles, mas ontem vencemos.

    Foi com gols de Neymar aos quatro minutos do primeiro tempo e Lucas Paquetá (nunca critiquei) ao final dos acréscimos do segundo tempo que nossa Seleção garantiu os três pontos no “Defensores del Chaco”, o que não acontecia há quase quarenta anos.

    Mas se engana quem pensa que foi uma partida fácil, apesar do Brasil ter controlado o jogo quase todo o tempo, com gol logo no início do jogo, do meio para o final do segundo tempo os paraguaios cresceram, e por muita sorte e competência do goleiro Ederson, não sofremos o empate.

    A Seleção Brasileira teve o controle do jogo na maior parte do tempo, mas não converteu isso em gols. Foram muitas chances criadas, mas faltou aquele capricho na hora de resolver e fazer o gol, o que definiria o resultado mais tranquilamente. Tite entrou com uma formação diferente da qual vimos na partida contra o Equador, foi uma equipe muito mais ofensiva, com direito a quatro atacantes logo de início: Neymar, Gabriel Jesus, Roberto Firmino e Richarlison eram os atacantes brasileiros para o jogo de ontem. Apenas dois volantes, mas que fizeram um belo trabalho nos dois últimos jogos: Fred e Casimiro vão se consolidando para a Copa do Mundo do ano que vem. A defesa não teve modificações, apenas no gol, que Tite escalou Ederson para a titularidade, deixando mais uma vez o palmeirense Weverton no banco de reservas.

    Entre os destaques especiais de ontem, o goleiro Ederson foi quem “segurou a bronca” quando os paraguaios chegaram com perigo, o que tranquiliza a torcida em uma posição tão questionada nas últimas Copas do Mundo. Neymar mais uma vez protagonista, chamando o jogo e sendo “o cara” da Seleção, nada além do que nós esperamos do nosso craque. Gabriel Jesus vem retomando a confiança com a amarelinha, fez a jogada do primeiro gol brasileiro da noite de ontem, retomando aos tempos de Palmeiras quando jogava pelo lado direito do ataque. Por fim, Lucas Paquetá, critiquei muito sua convocação, pois não acreditava em um jogador que em três anos não havia demonstrado um futebol decente na Europa, menos de dez gols nesse período, mas me enganei. Foi um ótimo armador de chegada para  nossa seleção, ágil e inteligente, não a toa fez o segundo gol do Brasil, com um belo passe de Neymar, chapou de canhota para dar números finais ao jogo, provou que merece ser convocado.

    Tite segue sem perder nas eliminatórias, sob seu comando nas eliminatórias a Seleção jogou 19 vezes, venceu 17, empatou 2 vezes e ainda não perdeu nenhuma. Em seu currículo, Tite tem a Copa América 2019 e a melhor eliminatória da história da Seleção Brasileira (Copa 2018).

    Próximo jogo da Seleção será no próximo domingo (13), ás 18h contra a Venezuela, pela primeira rodada da fase de grupos da Copa América.

RELATED ARTICLES
- Publicidade -
Google search engine

Most Popular

Recent Comments