sábado, 24, fevereiro 2024
spot_img
HomeMundoTuristas são multados por surfar nos canais de Veneza

Turistas são multados por surfar nos canais de Veneza

O prefeito da cidade, Luigi Brugnaro, chegou a oferecer um jantar grátis para quem pudesse identificar o casal

Se você pensou que nadar em canais, vandalizar propriedades e posar de topless em um memorial de guerra era a pior coisa que os turistas poderiam fazer em Veneza, pense novamente.

Na manhã de quarta-feira (17), duas pessoas decidiram ir surfar. Mas eles não escolheram as praias da cidade para fazê-lo, e sim o Grande Canal.

Aparentemente montados em eFoils (pranchas de surf elétricas levantadas da água em hidrofólios), os dois sujeitos foram capturados pela câmera subindo e descendo o canal.

O Grande Canal não é apenas o centro do Patrimônio Mundial da Unesco repleto de edifícios históricos, mas também a principal via de Veneza.

Nas imagens capturadas por vários moradores, eles foram vistos se esquivando de um vaporetto (ônibus aquático) e de um táxi sob a Ponte Rialto, além de passar em alta velocidade pela Basílica de la Salute, um dos lugares mais emblemáticos da cidade.

Passando sob a ponte da Accademia, um dos surfistas caiu da prancha, mas fez questão de manter o que parecia ser seu telefone fora da água, gravando seu parceiro.

O prefeito da cidade, Luigi Brugnaro, tuítou um vídeo dos surfistas, chamando-os de “dois idiotas insistentes tirando sarro da cidade” além de oferecer um jantar grátis para quem pudesse identificar o casal.

Seja porque alguém aceitou sua oferta ou porque eles implantaram as câmeras de sua Sala de Controle que vigia a cidade através de circuito fechado de televisão, a verdade é que Brugnaro mais tarde tuítou que o casal havia sido identificado.

“As duas pranchas de surf foram confiscadas e em breve os responsáveis ​​estarão nas nossas mãos”.

O jornal local Il Gazzettino informou mais tarde que o casal havia sido capturado. As duas pranchas – avaliadas em cerca de 25 mil euros (cerca de R$ 130 mil) – foram confiscadas por não estarem seguradas.

Cada surfista foi multado em 1,5 mil euros (cerca de R$ 7,8 mil) por colocar em risco a navegação do canal. Eles também foram colocados em uma ordem de comportamento anti-social e imediatamente expulsos da cidade.

Veneza também instruiu advogados a iniciar um processo contra o casal por prejudicar sua imagem. Os consulados também serão contatados.

O local não é o único destino italiano onde os viajantes se comportaram mal neste verão. Nos últimos dois meses, turistas desceram os degraus da Escadaria Espanhola em Roma, jogaram uma motocicleta pelos mesmos degraus e circularam de motocicleta por Pompeia.

Por: CNN

Anúncios

RELATED ARTICLES
- Publicidade -
Google search engine

Most Popular

Recent Comments